2 de jun de 2016

Os mais legais de: MAIO (2016)


Oi amoressss!

Já tava com saudades de vir mostrar pra vocês os mais legais do mês, porque pra ser sincera eu esqueci completamente no mês de abril.. hahahah Mas o importante é que eu voltei no mês de maio com os filmes, revistas, livros e etc, que eu li esse mês e quero MUITO indicar pra vocês!


Like crazy (Loucamente apaixonados)





Sinopse: A inglesa Anna (Felicity Jones) está estudando nos Estados Unidos quando conhece Jacob (Anton Yelchin), um jovem americano. Eles apaixonam-se e vivem uma breve história de amor. A jovem ultrapassa o limite de estadia, violando o visto de estudos para ficar com o amado, e é expulsa do país. Morando em continentes diferentes, eles tentam manter uma relação à distância e lutam para ficar juntos outra vez.

O que eu achei:
Não tem como esse não ser o primeiro da lista. Nunca tinha dado nada por esse filme, já tinha visto no net now, mas não sei porque, o trailer não me chamou a atenção. Um erro brutal. Esse filme mexeu tanto comigo, chorei do inicío ao fim. Nunca vivi um amor a distância, e se você também não, eu tenho certeza que vai mexer com você também. Se você já teve um amor a distância, prepara caixas de lenços de papel. 
Ele tem uma delicadeza e ao mesmo tempo um realismo surreal. Não é aqueles filmes de romance que você sabe que a chance de acontecer com você é quase zero - eu amo esses também, mas esse me encantou por justamente isso. Você consegue se colocar em cada parte da história e pensar que tudo aquilo ali acontece com milhares de casais, todos os dias. A atriz é incrível, fiquei completamente apaixonada por ela e já fui correndo procurar outros filmes que ela tinha feito. E o ator principal é um fofo!! Particularmente, eu gosto muito dessa pegada de cinema independente, fora dos roteiros hollywoodianos. É um ótimo filme pra quem quer fugir um pouquinho clichê sem sair do romance. Lindo, lindo.


Músicas, festas e amigos







Sinopse: Música, Amigos & Festa‘ é sobre o que é necessário fazer na vida para se encontrar a própria voz, o próprio estilo. No mundo da música eletrônica e da noite de Hollywood, Cole (Efron) é um aspirante a DJ de 23 anos que passa os dias confabulando com seus amigos de infância e as noites trabalhando na batida que vai incendiar o mundo. Tudo isso muda quando ele encontra James (Bentley), um DJ mais velho, carismático e problemático, decidido a ensinar a Cole o caminho das pedras da profissão. Mas tudo começa a ficar realmente complicado quando Cole se apaixona pela namorada de seu protetor, Sophie (Emily Ratajkowski). Quando o romance proibido fica cada vez mais irresistível e suas amizades se tornam um emaranhado sem fim, Cole vê-se obrigado a escolher entre o amor, a lealdade e o futuro que ele acredita ser o que o destino colocou em suas mãos.

O que eu achei:
Já tinha ouvido falar desse filme várias vezes, das pessoas recomendando e dizendo que era muito bom. Mais uma vez, vi o trailer e não me interessei tanto pelo filme - nem eu e nem a minha irmã. Mas resolvi assistir e amei assim como todas as pessoas que tinham me recomendado. O filme trata sobre tudo do mundo jovem. Música, festas, amigos, drogas, bebidas e as consequências não tão boas que esse mundo pode trazer. As inconsequências. Ele tem um pouco de superação que inspira um pouco ao olhar as coisas com uma outra forma. Achei a temática super diferente dos filmes por aí e pra ser sincera, chorei em várias partes! hahahah Mas não precisava de nada disso aqui né? Podia começar apenas falando: É com o Zac Efron. Acho que já estava bom... 


Sex and the city - O filme





Sinopse: Carrie Bradshaw é uma escritora de sucesso obcecada por moda, que vive em Nova York. Assim como suas amigas Samantha Jones , Charlotte York e Miranda Hobbes , Carrie tenta equilibrar o trabalho com seus relacionamentos.

O que eu achei:
Não, não sou louca.. só um pouco desatualizada hahahah Mas não tem problema, porque posso ajudar quem também é. Nunca tinha visto a série, muito menos o filme e eu fiquei surpresa de como é bom e divertido. A vida da Carrie é tipo a que toda mulher que quer se independente deseja. As histórias que elas passam são super divertidas, reais e emociantes também de quatro amigas que seriam completamente diferentes se não fosse a amizade. Me diverti muito assistindo e já fui procurar a série pra começar a ver também. Se você não conhece, é uma ótima dica. Se você já conhece, assiste de novo que vale a pena hahaha


Suíte Francesa


Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, na França, Lucile Angellier (Michelle Williams) passa os dias junto de sua sogra (Kristin Scott Thomas) esperando pelo retorno do marido, um prisioneiro de guerra. Enquanto alguns combatentes franceses retornam para a casa, o pequeno vilarejo onde Lucile mora começa a ser invadido por soldados alemães, incluindo o refinado Bruno von Falk (Matthias Schoenaearts). Apesar de resistir aos flertes do soldado, Lucile acaba cedendo e inicia uma relação amorosa com ele.

O que eu achei: 
Quem gosta de história e romance vai gostar desse filme. Ele conta a história de Lucile, uma francesa que durante a segunda guerra mundial tem o marido levado para a guerra e passa a morar com a sogra. Mas, quando a França é invadida pelos Alemães, um soldado passa a morar junto com elas. É romance e a história é de tirar o fôlego várias vezes. Aquele filme que você quase não dá nada, mas que ao longo da história se surpreende. Mostra a generosidade do amor e foge um pouquinho clichê romântico que a gente está acostumado. A fotografia do filme é linda e essa atriz é demais! Vale super a pena!

Beijo, beijo

0

0 comentários: