19 de ago de 2016

Resenha: Máscara Lee Stafford - Hair growth treatment


Oi amores!!

Já comentei várias vezes aqui e no canal com vocês sobre essa máscara. Ela foi um dos principais fatores para o meu cabelo ter crescido tão rápido e muita gente não acredita nisso! Quando eu cortei o cabelo, fiquei louca atrás de blogs, posts, vídeos, enfim.. algum conteúdo que pudesse realmente ajudar ao meu cabelo crescer mais rápido e a maioria das informações são bem vagas.

Enfim, vim mostrar hoje pra vocês tudo o que eu achei dessa base de acordo com algumas categorias de avaliações que tem aqui nas resenhas. Se você quiser alguma categoria que eu não falei, deixa aqui embaixo nos comentários que eu faço também!




A textura dela é mais para o fluído do que para o concentrado. É uma máscara bem leve, nada perto de algo pastoso, bem mais fluído do que um condicionador, por exemplo. Acredito que tenha a ver por ela ser indicada para ser passada na raiz do cabelo.



Ela promete fazer o cabelo crescer e para a minha felicidade: realmente funciona demais! Não foi só no meu cabelo que funcionou, mas de todo mundo aqui em casa. A diferença de antes e depois em apenas 3 semanas usando essa máscara foi um cabelo muito mais encorpado, não cheio e com um volume feio, mas encorpado e pelo menos um dedo maior (se não foram dois!)


A aplicação dela é feita na raiz, o que pra quem tem a raiz oleosa (como eu!) pode parecer bastante preocupante, mas não interfere em nada, pelo o contrário. Ela age justamente na raiz do cabelo, pra fazer a raiz se fortalecer, mas não deixou o meu cabelo nem um pouquinho oleoso, aliás, senti que até ajudou a segurar a oleosidade.

O cheiro dela é MARAVILHOSO, assim como todos os produtos dessa marca. De longe você sabe que a pessoa usou algum produto da Lee Stafford e eu acho isso incrível! E o cheiro fica no cabelo durante horas, mas nada enjoativo pra mim.

O preço dela em média é R$ 79 (preço pesquisado em agosto de 2016)

Alguém já testou essa máscara? Me conta aqui embaixo nos comentários!
Beijo, beijo!
0

0 comentários: